SUAS tomam a Câmara Municipal em protesto pelo corte de verbas

A Secretária Municipal de Desenvolvimento Social (SEDESO) e seus respectivos equipamentos se engajaram na mobilização a favor da manutenção do Sistema único de Assistência Social (SUAS).  A multidão de aproximadamente 300 pessoas tomou conta da casa legislativa na manhã desta quarta-feira (04) e clamavam por melhorias no sistema de assistência social e se movimentavam contra a redução de verbas para as instituições sociais da cidade.

O movimento partiu em caminhada do paço Municipal Maria Quitéria, na Avenida Getúlio Vargas, onde os manifestantes se juntaram aos idosos que participaram das comemorações pela sua semana, até o ato público na Câmara Municipal, em defesa da garantia dos recursos mínimos para a preservação de programas sociais voltados para a garantia de direitos que contemplem crianças, adultos e idosos. Englobando desde os Centros de Referências Especializada em Assistência Social (CREAS), conselheiros municipais, organizações, associações, beneficiários do Bolsa Família, Movimento POP Rua, idosos e toda sociedade feirense.

                                                                                                                 Ângela Pesco, representante do grupo de Assistência Social                                  Foto| Natalha Pedra

O presidente da câmara, José Carneiro se manifestou a favor da mobilização e declarou que repudia o corte de verbas por entender que vai atingir justamente as camadas mais carentes da sociedade, em um momento tão delicado, como o que se encontra o país atualmente.  O secretário da Sedeso, Ildes Ferreira, alerta para os prejuízos que a redução orçamentária nacional, proposta para o exercício em 2018 pode provocar, com redução de uma média de até 40% dos recursos. “ Há programa que pode reduzir até 98% das verbas, o que ameaça fechar o CRAS. Por isso estamos participando da mobilização para chamar a atenção do Governo Federal para rever este problema que pode provocar um colapso no SUAS”, frisou.

Entre as aberturas de comunicação, o Vereador Roberto Tourinho (PV) aproveita para falar sobre a instalação da Delegacia do Idoso na cidade de Feira de Santana e da  necessidade da criação de uma comissão, juntamente com apoio de José Carneiro, presidente da Câmara Municipal,  para que possam ir até ao secretário de Segurança Pública, Maurício Bacelar,  reforçar a importância desta ação para o município, atendendo aos idoso “ que por muitas vezes são maltratados, assustados e desatendidos” completa, convidando Alberto Nery (PT) para se juntar a causa. A vereadora Gerusa Sampaio (DEM) foi clamada pelo público ao citar os cortes feitos ao SUAS, principal motivo do movimento ter ido a casa legislativa na manhã desta quarta-feira.