Padre que roubava dinheiro de fiéis é descoberto após sofrer acidente

Um padre da arquidiocese de Santa Rosa, na Califórnia, foi suspenso de atividades sacerdotais após sofrer um acidente de carro e ser encontrado, ferido, com dinheiro roubado de fiéis. Segundo o canal norte-americano Fox News, o padre Oscar Alejandro Diaz, de 56 anos, quebrou o quadril em uma colisão e, ao ser levado para o hospital, foi perguntado pelos paramédicos se precisava que algo do veículo fosse transportado com ele. O padre disse que precisava de bolsas que continham o seu “salário”.

Nas bolsas com o “ salário ” do padre, foram encontrados US$ 18 mil (equivalente a R$ 67 mil). “Como o volume de dinheiro era muito grande, a polícia foi contatada no mesmo dia do acidente, quando um funcionário, que estava desconfortável com a quantidade de dinheiro trazida ao hospital junto com o padre, chamou a polícia”, afirmou memorando enviado pelo bispo Robert Vasa à imprensa.

Desconfiado, o bispo decidiu visitar a paróquia comandada por Oscar , que exercia a função de padre desde 1994. Lá, ele encontrou mais US$ 10 mil (cerca de R$ 35 mil). Dentro da casa paroquial onde o padre vivia, foi encontrado mais dinheiro, somando mais de US$ 95 mil (cerca de R$ 350 mil).

O padre foi confrontado e confessou que roubou o dinheiro que os fiéis deixavam para ajudar a igreja. “A total extensão do roubo ainda não é conhecida e talvez nunca seja completamente descoberta, mas a Arquidiocese está comprometida em determinar a extensão do roubo nessa e em outras paróquias”, afirmou a nota.

Acusações oficiais não foram prestadas na polícia por serem consideradas desafiantes aos protocolos da igreja . O padre foi suspenso, mas o seu futuro ainda é incerto.